Internacional

Impasse segue após conversa por telefone entre Biden e Putin; EUA fala em “custos severos”

Escrito por Daniel Alves

Os presidentes dos Estados UnidosJoe Biden, e da RússiaVladimir Putin, conversaram por telefone neste sábado, 12, um dia após Washington alertar para uma invasão iminente dos russos à Ucrânia. De acordo informações da agência AFP, o impasse segue. O telefonema “foi profissional e substantivo e durou mais de uma hora. Não houve uma mudança fundamental sobre o que se está desenvolvendo há várias semanas”, disse a jornalistas um alto funcionário, que pediu para não ser identificado. A Rússia exige que os Estados Unidos prometam que a Ucrânia jamais se unirá à Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), aliança militar liderada pelo país norte-americano que Moscou vê como uma ameaça e estaria chegando cada vez mais próximo de suas fronteiras.

Nas redes sociais, a Casa Branca disse que Biden informou Putin que haverá severas consequências à Rússia. O mandatário norte-americano já ameaçou a Rússia com mais sanções, o que poderia causar grandes danos à economia russa. “O presidente Biden conversou com o presidente Vladimir Putin hoje para deixar claro que, se a Rússia invadir ainda mais a Ucrânia, os EUA e nossos aliados imporão custos rápidos e severos à Rússia. O presidente Biden instou o presidente Putin a se engajar na desescalada e na diplomacia”, informou a Casa Branca.

President Biden spoke with President Vladimir Putin today to make clear that if Russia further invades Ukraine, the U.S. and our allies will impose swift and severe costs on Russia. President Biden urged President Putin to engage in de-escalation and diplomacy instead. pic.twitter.com/HqK0b65kFm

— The White House (@WhiteHouse) February 12, 2022

Fonte: Jovem Pan

Sobre o autor

Daniel Alves

Deixe um comentário