América MG Esportes

América empata com Tombense e está eliminado do Troféu Inconfidência

Escrito por Daniel Alves

O América está eliminado do Troféu Inconfidência. Com a equipe considerada reserva, o Coelho empatou com o Tombense por 1 a 1, neste sábado (26), no estádio Castor Cifuentes, em Nova Lima, pelo jogo de volta da semifinal do torneio. No placar agregado, o clube americano perdeu por 4 a 2.

Para chegar à finalíssima do certame, o Coelho precisava vencer o Gavião-Carcará por, no mínimo, dois gols de diferença. Isso porque o time de Tombos venceu a partida de ida por 3 a 1 e abriu vantagem. O duelo foi disputado no estádio Soares de Azevedo, em Muriaé, na última quarta-feira (23).

Agora, o Coelho se prepara para a disputa da fase de grupos da Copa Libertadores, que começará na semana do dia 5 de abril. Antes disso, fará um amistoso contra o Athletico-PR na próxima segunda-feira (28), às 20h, na Arena da Baixada, em Curitiba. O Tombense, por sua vez, aguarda a definição do seu adversário na final do Troféu Inconfidência. O clube vai encarar o vencedor do confronto entre Villa Nova e Democrata-GV, que se enfrentarão neste domingo (27), às 16h, no Castor Cifuentes, em Nova Lima. O Leão do Bonfim leva vantagem por ter triunfado por 2 a 1 no jogo de ida, na última quarta-feira, no estádio Mamudão, em Governador Valadares.

O jogo

 O primeiro tempo foi bastante equilibrado no Castor Cifuentes. O forte calor de 31ºC não atrapalhou a intensidade das duas equipes, que produziram boas oportunidades ofensivas. Precisando do resultado positivo, o Coelho quase abriu o placar com Rodolfo. Aos 20 minutos, o atacante recebeu passe do lateral-direito Raúl Cáceres e chutou do bico da pequena área. Porém, o goleiro Rafael Santos, com a perna, evitou o gol. O Tombense assustou em chutes de média distância. O meia Jean Lucas e o atacante Keké exigiram boas defesas do goleiro Airton. O meio-campista Gustavo, por sua vez, assustou o arqueiro em batida de falta rasteira que passou triscando a trave esquerda. A etapa final começou do mesmo jeito que o primeiro tempo. Logo no primeiro minuto, o Gavião-Carcará teve duas ótimas chances com Everton Galdino. O meia bateu de canhota e quase acertou o ângulo de Airton. A resposta do América veio quatro minutos depois, com o volante Juninho Valoura. Ele recebeu na intermediária, soltou uma bomba e acertou a trave esquerda de Rafael Santos. O clube de Tombos continuou pressionando e abriu o placar aos 18 minutos. Após lançamento em profundidade, o atacante Keké ganhou a disputa do zagueiro Gustavo Marques, cruzou para o meio da área e achou Ciel. Livre de marcação, o experiente jogador de 40 anos tocou na saída de Airton: 1 a 0. O Coelho não se abalou com o gol sofrido e ensaiou uma reação. Em cobrança de falta no capricho de Juninho Valoura, o zagueiro Éder marcou de cabeça: 1 a 1. O tento foi anotado aos 31 minutos do segundo tempo. Três minutos depois, Rafael Santos fez um milagre. Depois de bate e rebate na área, o zagueiro do Tombense chutou em cima do companheiro. A bola explodiu no jogador e voltou para a direção do próprio gol, mas o arqueiro salvou e evitou a virada americana.
Matéria Completa na fonte…

Fonte: Super Esportes

Sobre o autor

Daniel Alves

Deixe um comentário