Atlético MG Esportes Noticias

Destaques do Atlético-MG, Hulk e Diego Costa não acertaram com o Palmeiras pelos mesmos motivos

Escrito por Daniel Alves

Hulk e Diego Costa são os principais atacantes do Atlético-MG, que a partir desta terça-feira, às 21h30 (de Brasília), começa a disputar uma vaga na final da Copa Libertadores com o Palmeiras, no Allianz Parque. O segundo jogo será no dia 28, no mesmo horário, no Mineirão, em Belo Horizonte.

Abel Ferreira pediu para esta temporada a contratação de um centroavante, e antes de acertarem com o Galo, os dois chegaram a ser analisados pelo Verdão, mas as negociações não avançaram pelos mesmos motivos, especialmente financeiro.

O Palmeiras manteve contatos mais frequentes com Hulk, um sonho antigo. O atacante é torcedor do Verdão e tem amizade com João Paulo Sampaio, coordenador das categorias de base.

Em fevereiro do ano passado, ele chegou a assistir a um jogo do Verdão no Paulista dos camarotes no Allianz Parque. Mas quando o atleta anunciou que deixaria o Shanghai SIPG, da China, as conversas não esquentaram, em dezembro.

Além de valores considerados altos demais para o atual modelo de negócios do Palmeiras, o clube tem preferido buscar no mercado jogadores mais jovens, abaixo de 25 anos. Hulk já tem 35.

Sem nem uma proposta oficial do Verdão, ele foi anunciado pelo Atlético-MG em janeiro e logo tornou-se um dos principais nomes do futebol brasileiro, com 21 gols e 11 assistências na temporada. Foi, inclusive, convocado por Tite para a seleção brasileira.

– Sempre falava nas minhas entrevistas do meu carinho especial pelo Palmeiras desde criança. Na minha casa todos eram corintianos e hoje são atleticanos (risos). Minhas irmãs, meus pais… eu era o único palmeirense em casa. Mas quando você se torna profissional acaba torcendo pelo time que trabalha. Comigo foi assim desde que virei profissional e fui muito bem recebido aqui no Atlético-MG. Hoje sou atleticano doente – afirmou Hulk, na véspera do jogo.

Diego Costa, 32 anos, é um nome que foi frequentemente citado como um desejo alviverde, mas as conversas foram mais embrionárias do que com Hulk.

Sem equipe desde que deixou o Atlético de Madrid em dezembro, o atacante também já se declarou palmeirense, mas a diretoria alviverde considerou os valores para contratá-lo altos até para tentar abrir uma negociação. O Galo viu da mesma forma no início do ano, só que em agosto retomou as conversas para contratá-lo até o fim de 2022.

Diego fez sua estreia como titular do Atlético-MG no sábado, contra o Sport, e marcou seu segundo gol pela equipe em quatro jogos. Foi, também, a primeira vez que o centroavante começou jogando com Hulk – Cuca ainda não confirmou se usará ambos desde o início no Allianz.

Já o Verdão deve ter Luiz Adriano como centroavante titular nesta noite. Em uma temporada atrapalhada por lesões, o camisa 10 encerrou um jejum de quase três meses no sábado, contra a Chapecoense.

Autor de quatro gols em 24 partidas na temporada, ele balançou as redes uma vez nesta Libertadores – na edição passada, vencida pelo Palmeiras, foi o autor de cinco gols e artilheiro do Verdão com Rony.

Fonte: Globo Esporte

Sobre o autor

Daniel Alves

Deixe um comentário