Brasil Regional Regional

Comunicado.

Escrito por Daniel Alves

Quantos dias o município ficou sem o abastecimento de água no final de 2015 por causa do rompimento da barragem de Mariana que atingiu o Rio Doce? Numa decisão extensa, datada do dia (30/10), a 12 ª Vara da Justiça Federal resolveu reconhecer o chamado “Dano Água” às comunidades da bacia do rio Doce que tiveram o abastecimento comprometido pelo caso da Samarco e, na mesma sentença, estendeu o Sistema Indenizatório Simplificado (Novel) a todas as cidades e localidades impactadas pelo rompimento da barragem de Mariana, ocorrido em 2015.Nesses últimos dias, estamos ouvindo diversas falas e especulações sobre a quantidade de dias que o município ficou sem o abastecimento de água naquela situação. Enfatizamos que quando houve o desastre, uma outra administração estava à frente do governo municipal, e ao tomarmos posse em 2017, buscamos nos inteirar de tudo, participando de reuniões, fórum dos prefeitos atingidos, dentre outras ações. Esclarecemos que aguardamos da Copasa uma resposta do número de dias que o município ficou sem o devido abastecimento, ela como detentora da concessão necessita repassar essa informação. O Chefe do Poder Executivo, Prefeito Diogo Scarabelli, busca mais uma vez lutar por toda a população atingida, sempre participando de tudo que envolve essa situação, assim, informamos, que o Gabinete juntamente com a Secretaria de Assuntos Jurídicos e Procuradoria Municipal estão buscando e embasando documentos e demais provas para futuramente numa contraprova apresentar o verdadeiro número de dias que o município ficou sem abastecimento total ou parcial em 2015, seja na Copasa ou ainda na 12 ª Vara da Justiça Federal. Estamos atentos a tudo, sempre buscando lutar pelos nossos munícipes.

Fonte: Facebook Prefeitura de Resplendor

Sobre o autor

Daniel Alves

Deixe um comentário